De que adianta chorar pelos animais?

Os animais precisam de você e não de seu choro!!!!
Sabemos que existem pessoas que lamentam muito tudo o que acontece de ruim com os animais. Chegam mesmo às lágrimas ao verem imagens ou vídeos, feitos para a conscientização, que exibem as crueldades feitas pelos humanos. Mas só lamentar não resolverá absolutamente nada para os torturados e muito menos para as pessoas que alegam que ficam muito mal ao constatarem as verdades cruéis que lhes são mostradas, vez por outra. Tenho refletido bastante acerca das pessoas que “não querem ver porque sofrem”.

Será que nunca lhes passou pela cabeça que muito pior é o sofrimento sentido pelo animal? Não poderiam, ao menos, utilizar essa grande sensibilidade para proteger àqueles, que não conseguem se ajudar? Não dói mais saber e nada fazer? Por que não tentar ajudar de alguma forma? Existem várias maneiras de ajudar estes seres indefesos. 






Quando divulgamos atos cruéis não queremos provocar desconforto e/ou tristeza às pessoas, e sim, conscientizá-las, procurar que a enorme sensibilidade humana haja conosco no sentido de auxiliar os poucos ativistas que muito têm feito para que o ser humano evolua,ao tentarem que a verdade chegue a todos de várias formas, para que os mais sensíveis abracem esta causa tão sofrida e ajudem a terminar com a exploração e o descaso com que são tratados todos os animais do planeta, eu disse TODOS! 

Não há nesta “grande casa” uma só espécie de animal que seja tratada com dignidade e respeito, todas são submetidas a algum tipo de crueldade. Por exemplo: Em circos, os animais são obrigados por métodos sujos a aprenderem a fazer graça para os humanos; em laboratórios, são confinados e torturados dia e noite, para que drogas sejam testadas, sem nenhuma necessidade; em criadouros, são escalpelados, ainda vivos, para a fabricação de artefatos de peles, etc.; em rodeios, são judiados para o divertimento da raça humana; em Pet-shops, são comercializados, vergonhosamente, para encher o bolso de criadores inescrupulosos. 

A lista dos horrores a que são submetidos todos os animais é tão grande que daria para escrever diversos livros. Muitos cientistas renomados já provaram que os animais têm sentimentos como nós, têm inteligência, e também dão provas de solidariedade como nós deveríamos fazer sempre, além de serem desprovidos dos sentimentos condenáveis que nós, humanos, provamos ter ao longo dos séculos. Então, por que não podemos abafar um pouco nossa dor para que possamos agir em favor de tão belas criaturas? 

Vai valer a pena sofrermos um pouco para que possamos, futuramente, ver animais fora de gaiolas, tomando sol livremente sem homens empunhando tacos de madeira para lhes arrebentarem a cabeça, como acontece atualmente com os golfinhos no Japão e muitos outros animais; ver, finalmente, os pássaros livres, sem os caçadores para lhes roubarem os filhotes para o tráfico de animais; ver elefantes livres de treinadores que lhes perfuram o corpo; ver coelhos graciosos libertos dos testes; 

Enfim, olhar o mar, a terra e o céu sem medo de sentir as gotas de sangue que hoje escorrem de todo o planeta. Tenho certeza de que estamos perdendo valiosos aliados na luta contra a opressão causada ao animal por causa do medo da dor. Por isso, peço a todos os que possuem sensibilidade, amor e desejo de justiça, que revejam seus conceitos, que avaliem o sofrimento dos animais, que os vejam como são, adoráveis crianças perdidas num mundo egoísta e de mando ganancioso, e que por isto mesmo, merecem que soframos e lutemos por eles, para que possamos juntos, destruir os grilhões que fazem da vida dos animais um verdadeiro inferno na terra!

Fonte: O Itanhangá
por: Fátima Borges Pereira 

 

11 comentários:

  1. mundo virtual disse...:

    Olá,amiga e protetora dos animais estou contigo nessa,sempre vai ter meu apoio,os animais são encantadores, brincalhões e fieis companheiros,são tantos as qualidades deles que as vezes me envergonho de ver seres humanos sem escrúpulos e qualidades nenhuma,incapacitados de amar a si próprio e as outros,imagine o que pensa dos animais,as vezes eu penso as ordens das coisas estão invertidas,mas não devemos desistir nunca,enquanto estivermos batalhando nem tudo está perdido!!!
    Um Beijão guria!!

  1. Tem pessoas neste mundo repleta de sentimentos, digamos que se comovem por tudo. Um cachorro é atropelado, ela chora. Passa na televisão um cavalo sendo maltratado, ela chora. As vezes chega também a chorar ao ver crianças abandonadas. É uma sentimental ao extremos. Assim, logo depois enxuga as lagrimas e senta-se a mesa para comer o seu frango frito, ou uma costelinha, afinal este negócio de chorar acaba dando uma grande fome.

  1. Carlos Ribeiro disse...:

    Tua postagem me lembrou de um fato ocorrido semana passada.

    Um vizinho meu saiu para pescar. Voltou com 4 cascudos (ainda pequenos, com uns 15cm cada). Foi matar os cascudos para comer e a filha de uns 6 anos começou a chorar.

    O pai ficou com pena e foi bater na minha porta com um balde com os 4 cascudos e a filha de mãos dadas: "Buenas, tu não tens onde deixar estes cascudinhos?"

    Grande problema, pois eles comeriam meus lebistes, com certeza. No final, consegui arrumar um lugar para eles em uma chácara. Há um espelho d'água lá grande o suficiente para eles.

    Um bom dia pra ti!

  1. Ademar Maggi disse...:

    Com certeza tomar atitudes é muito mais útil do que chorar com a dura realidade. Ação! É o que falta aos seres humanos, tomar atitudes!
    GRANDE abraço Guria ótimo texto da Fátima!

  1. Oi minha linda, ameeei o su blog, estou te seguindo.

    Beijinhos...

    sua-beleza.blogspot.com

  1. K & A. disse...:

    Olá, Juci!
    Tem momentos que não dá pra segurar!
    Bjs!
    Rike.

  1. Neusa Fiesta disse...:

    Amiga Ju, eu às vezes fico irada com tanta hipocrisia! Abordaste muito bem o tema através deste excelente texto de Fátima B. Pereira: os animais precisam de cuidados, não de lágrimas. Essa conversa fiada de que não posso nem ver, não aguento...Não aguenta, então faça algo, cuide, trate, adote! Muito bem colocado, e eu minhas as suas palavras, como num verdadeiro desabafo. Parabéns, guria!
    Um grande beijo!

  1. É também importante a comoção. Cenas de maus tratos aos animais mexem com o sentimento. E mais importante ainda é quando a indignação, gerada pela dor emocional, impulsiona uma atitude. Isso é o que move muitos ativistas, que lutam em defesa dos animais.

    Um abraço,

    Bruno Borges Borges
    brunoborgesborges.blogspot.com

  1. Rangel de Jesus disse...:

    Olá minha querida, um grande abraço e parabéns pela postagem, está muito interessante e, é um tema bem atual, embora sempre falo que devemos ter o mesmo cuidado com as pessoas, mas muitos infelizmente amam mais os animais do que o seu semelhante, deve ser pelo fato de parecermos mais animal do humanos às vezes, fazer o que, não!!!

    Levei seu link comigo, se for possível gostaria que faça o mesmo,mas não fique constrangida se não gostar do espaço e não quiser um pedaço do meu humilde blog, um grade abraço...

  1. Luma Rosa disse...:

    Eles querem que olhemos para eles e que nos compadecemos, inicialmente. Porque só olhar e ter dó, não vale! Atitudes são sempre bem vindas! Beijus,

  1. Concordo plenamente.

    http://filmesdowloadsx.blogspot.com/

    Segue?

    É novo!

Postar um comentário