Grandes tabus sobre envenenamento

Seu pet foi  envenenado saiba como proceder diante desta situação.
Mentiras contadas que podem fazer seu pet correr um risco maior:
Dar leite, pois o leite sempre neutraliza o veneno! (MENTIRA)
Para entender essa idéia do leite, precisamos primeiro entender o que acontece quando alguma substância entra no organismo do nosso pet. Existem, de um modo geral, dois tipos de substâncias: as de caráter ácido e as de caráter básico (alcalino). Quando nosso pet ingere algo que pode intoxicá-lo (um veneno, por exemplo), para que este veneno exerça sua ação, é necessário que ele seja absorvido (no estômago e intestino) e alcance a corrente sanguínea! Pois bem....substâncias ÁCIDAS conseguem ser absorvidas mais rapidamente em ambientes também ÁCIDOS. E substâncias BÁSICAS conseguem ser absorvidas mais rapidamente em ambientes BÁSICOS.


Desta forma, vamos voltar ao caso do Leite. O Leite é uma substância BÁSICA. Portanto, se o veneno ingerido pelo pet for ácido, muito bem...o leite agirá como neutralizante, e retardará a absorção, permitindo que o veneno seja eliminado antes de chegar ao sangue. Maaaas.....se o veneno for de caráter BÁSICO....dar leite pode não ser uma boa idéia. Pois o veneno será potencializado pelo leite, absorvido rapidamente, podendo causar a morte do animal. Portanto....nada de sair por aí orientando leite para todos os casos de envenenamento.



Lembrando ainda que, se o animal está inconsciente ou convulsionando, jamais poderá receber nada pela boca (nem leite, nem água, nada!!), em função do risco de aspiração (afogamento), e morte.


Fazer o animal vomitar, que o veneno sai. (MENTIRA) 
O vômito só ajuda em determinadas situações, em outras, piora o quadro. Vou explicar: substâncias cáusticas são extremamente irritantes às vias aéreas, boca e esôfago, e causam queimaduras químicas. Se este tipo de substância for ingerida, e depois vomitada, causará queimaduras químicas em todo o esôfago e boca do animal, levando à lesões graves que podem, inclusive causar à morte! Outro perigo de causar o vômito é que, a substância vomitada muitas vezes afoga o animal, faz falsa via (vai aos pulmões), levando à um quadro grave de pneumonia aspirativa e morte POrtanto, induzir o vômito, somente em situações em que há o controle e orientação de alguém experiente, e que saiba exatamente o tipo de substância que o animal ingeriu.
(PS: esqueçam, portanto, as famosas dicas de mistura de água oxigenada com atro****n a fim de induzir o vômito, oks?



Sim, mas....se eu não posso dar leite, e nem induzir ao vômito, POR FAVOR, O QUE EU FAÇOOOO??


Então gente.....agora vamos ver o que realmente deve ser feito quando seu pet se intoxicar com alguma coisa, seja veneno, medicamento ou qualquer substância que engerida em grande quantidade faça mal!

DICA PRINCIPAL: Levar ao veterinário o mais rápido possível. Se for possível, leve junto o rótulo da substância ingerida, pois será mais fácil manejar o animal sabendo o que ele ingeriu. Na maior parte dos casos, não existe antídoto específico, e o tratamento é feito com base nos sinais clínicos que o animal está apresentando. Provavelmente será realizada uma lavagem gástrica pelo veterinário, introduzindo uma sonda até o estômago do bichinho a fim de retirar a substância ingerida. Em outros casos, o veterinário administrará substâncias adsorventes que irão agir impedindo a absorção do veneno pelo animal. E junto á isso tudo, poderá ser realizada uma hidratação no sentido de favorecer a eliminação da substância restante pela urina!

Esses procedimentos são de grande complexidade, portanto só podem ser realizados por um profissional habilitado, no caso um médico veterinário.

Por isso que se insiste: frente à um quadro de envenenamento, a principal dica é VETERINÁRIO URGENTE!!

Tentativas de neutralização ou de eliminação da substância ingerida feitas por leigos, pode agravar o quadro e culminar na morte do animal. Lembro ainda que o tempo é um fator crucial nesses casos, e quanto mais cedo o animal for atendido por um profissional, melhores as chances de recuperação.

Por fim, mais importante do que TRATAR o envenenamento é EVITÁ-LO! Cães e gatos devem ser mantidos dentro de um pátio seguro ou dentro de casa, com janelas teladas e sem acesso às ruas. Animal solto na rua está sujeito à vários problemas, não somente envenenamento, mas também traumas, atropelamentos, fugas, brigas, maus tratos, entre outras situações que podem lhe custar a vida.


Fonte: Silvia Schultz


10 comentários:

  1. Sozynho disse...:

    Olá, Juci!
    Obrigado pelos esclarecimentos, pois pra mim a do leite era sempre certo.
    Bjs!
    Rike.

  1. Rudá Morcillo disse...:

    Muito bom o seu blog, adoro animais!
    Depois passa no meu e veja as fotos no aba fotos de familia.
    Valeu!

    Rudá
    http://observatorio74.blogspot.com.br/

  1. Van disse...:

    Juci,

    que boas orientações este post contém, espero que ninguém passe por isto, mas esclarecer as orientações erradas que podem por em mais risco ainda a vida dos queridinhos, é uma ótima ajuda.

    Beijos

  1. luciana disse...:

    Oi minha ruivinha querida!!

    É muito bom saber como cuidar dos nossos bichinhos...

    Bjs!!
    Lu

  1. Olá minha querida amiga Juci, boa noite!!!
    Bela dica minha amiga, pois muitos, como eu, não sabiam como proceder corretamente nesses casos de envenenamento, a gente corre logo para o leite, que é uma grande crendice, deu leite a veneno desaparece... melhor mesmo nesses casos é procurar o veterinário. Valeu minha amiga, adorei a postagem, aprendi mais um pouco sobre os pets...
    Tenha uma linda noite e uma maravilhosa semana!!!
    Beijos e muita paz!!!

  1. ♥ Vanda ♥ disse...:

    Muitas dicas preciosas aqui amiga!!
    Favoritarei!!!!!
    Beijokas

  1. Sophie Laurien disse...:

    Olá Juci.
    Muito boa sua postagem.
    Bem interessante.
    Eu gostaria de pedir uma dica.
    Tenha uma cadela já adulta.(Belinha seu nome)
    Eu nunca tinha a levado em pracinhas ou qualquer outro lugar do tipo.
    Somente passeava com ela nas redondezas de casa.
    Um dia a levei em uma praça aqui perto.
    Levei ela e o Poodle que tenho.
    Uns dias depois ela se coçava muito.
    E agora a situação está piorando.
    Já passei remédios.Sabonetes Anti-sarnas e tudo mais.
    E estou com receios de que essa coceira passe para o Poodle também.
    Creio que deve ter sido por causa desse passeio.
    Você tem alguma dica?
    Nome de sabonete.Ou dica caseira?
    Estou a espera de sua resposta.
    Beijos!

  1. Jucifer disse...:

    Olá Sophie

    Bem fica dificil em lhe indicar algo
    sendo que os sintomas podem ser
    desde de uma simples alergia a polem , dermatite ou algo mais serio
    como sarna.
    Alguns cães tem alergia a pulga, outros a polem e é bem comum indiferente
    da raça o que acontece que algumas raças são mais sensiveis tendo
    assim problemas de pele. Pode tbm ser algum fungo de pele então o melhor a fazer seria levar ao veterinario pois todos problema de pele não tem como
    ser diagnosticado desta forma, sugiro que leve ao veterinario e peça de cara um exame de raspagem de pele pois assim sabera o que realmente seu cãozinho tem.

    Bjos espero ter ajudado

  1. Sophie Laurien disse...:

    Olá Juci,
    Obrigada pensei que fosse só uma simples coceira
    mais ela esta começando a perder o pelo.
    Vou levá-la ao veterinário.
    De repente seja algum tipo de alergia como você disse.
    Muito obrigada por sua atenção.
    Beijinhos!

  1. Master Groove disse...:

    LINDOOOOOOOOOOOOO!!!
    já tive um boxer

    é o melhor cão do mundo!

    p.s. fiquei seguidor

Postar um comentário