Parece mas não é...

Parece mas não é
A primeira impressão não é a que fica. A iguana é um
réptil de aparência, a princípio, assustadora e que lembra
os gigantescos animais jurássicos. Mas esta sensação logo desaparece e quando menos se espera esta exótica amiga de temperamento calmo e dócil pode se tornar uma boa companhia. Por ter facilidade de adaptação e integração com o homem, se tornou o primeiro réptil doméstico.


Seu tamanho pode chegar a dois metros, porém 2/3 correspondem à cauda. O corpo é forte, comprimido dos lados e os membros são bastante desenvolvidos com dedos compridos para facilitar a subida em árvores. Embaixo do tímpano, possui uma enorme escama arredondada, uma prega de pele na região gular e uma crista no alto da cabeça. A cor, em geral, é verde intenso nas iguanas jovens e ao envelhecer aparecem bandas escuras ao longo do corpo e da cauda.
De hábitos diurnos, a iguana se alimenta preferencialmente de insetos quando jovem e na fase adulta torna-se praticamente vegetariana consumindo brotos, queijo branco, alface, escarola, laranja, banana, cenouras raladas, flores de hibisco, ipê, pétalas de rosa, entre outras. A alimentação deve ser administrada duas vezes por dia. No inverno devido à baixa do metabolismo é possível o animal diminuir a quantidade de alimento ou até passar algum tempo sem comer nada. 
A iguana requer uma série de cuidados por se tratar de uma espécie delicada e de manutenção difícil. Como é um animal de grandes dimensões, o terrário deve ser amplo, alto e com excesso de troncos e galhos. Este réptil precisa se exercitar para não ficar obeso. Necessita também tomar banho de raios ultravioleta.
A iguana como todos os répteis é um animal de sangue frio, não tendo assim um método próprio para manter a temperatura de seu corpo. Na natureza o sol é sua principal fonte de calor, no cativeiro a temperatura do ambiente deve ser em torno dos 30º no período diurno e 23º no período noturno. Este controle pode ser feito com termômetro. Caso a temperatura não siga estes padrões, o animal ficará inerte podendo até hibernar e neste estado há uma baixa no metabolismo diminuindo ou até cessando suas funções fisiológicas que são mantidas com as reservas energéticas que foram acumuladas durante o período quente. Outro fator importante é a umidade do ar que deve girar em torno dos 70 a 80 %, pois a baixa umidade pode causar ressecamento da pele. 
Como qualquer outro animal o iguana requer uma higiene constante. Com um pano úmido é possível fazer a higienização do corpo, para evitar arranhões. Não se deve esquecer de cortar as unhas da iguana e evitar o contato com outros animais. As fezes e a urina também devem ser retiradas.
Mesmo sendo pacifica, a iguana quando se sente ameaçada revida com mordidas e chibatadas com o rabo.O macho como forma de mostrar que é dono daquele “pedaço”, levanta a cabeça deixando a mostra sua papada do pescoço.

Origem e história
A iguana vive no México e no Brasil Central, em florestas úmidas e na caatinga.No Brasil a criação em cativeiro é proibida, por se tratar de um animal silvestre. Houve a liberação da importação, mas foi logo vetada. Neste curto espaço de tempo muitas pessoas adquiriram uma iguana, e se viram em apuros com o passar dos anos ao notar que elas não paravam de crescer. A solução precipitada foi soltá-la em um lugar com densa vegetação, o que ocasionou o desequilibro na fauna e até a morte do animal, já que por ter vivido em cativeiro, se tornou presa fácil dos predadores nativos. 

27 comentários:

  1. hobbyblogclube disse...:

    Olá, Juci!
    Apesar de você ter me abandonado, eu não te abandonei não, tá!
    Bjs!
    Rike.

  1. Kassya Mendonca disse...:

    Ola,
    rsrs desse ai ate que eu gosto (de ver)!!!
    Gostei das informações, não sabia nem a metade sobre eles; eu acho que a proibição de importar os pobrezinhos, está certa, justamente pelo fato das pessoas depois os abandonarem.

    Bju

  1. Victor S. Gomez disse...:

    Réptil não é o meu forte. rs. Abraços

  1. Bem, pra mim parece um lagarto ...

  1. CLAUDIA disse...:

    Miguxa lindona!
    Amei seu post!
    Não sabia nada de nossa amiguinha(o),gostei muito de saber,mas vou te confessar,morro de medo delas(os).kkkkk!
    Mas eu as acho linda,por ser exótica.
    Parabéns pelo post!
    Bjokinhas nesse coração que é um amorzinho!

  1. Samanta disse...:

    Olá Ruiva mais lindaaaaa !!!

    Nossa amiga, realmente primeira impressão não é a que fica, eu achava estes bichinhos até meio bizarros , coitadinhos, e não sabia nada sobre eles !
    Obrigada por nos informar e me tirar desta ignorância a respeito do assunto, depois de ler a impressão mudou e até simpatizei um pouco ( mas ainda tenho medinho.... ) !
    Arrasou nos esclarecimentos como sempre !!!

    Mega beijaaaaço no coração !! ;)

  1. Muito legal desconhecia esses fatos em relação ao bichinhos, boa.
    Abraços forte

  1. Jackie Freitas disse...:

    Olá minha ruivinha linda!
    Olha, para mim parece um animal exótico e dócil. Não tenho medo, lendo assim tudo o que você escreveu...rsrs... mas se um desses aparece na minha frente, saio correndo! hahahaha
    Grande beijo, minha guria mais linda!
    Jackie

  1. Bruno Costa disse...:

    Eu tenho sérios problemas com répteis, mas eu pretendo resolver isso um dia! hahahaha

  1. Renatinha disse...:

    aí ... eu não gosto não kkkk elas lá ...eu aqui
    esse olhinho delas affff me dá arrepios
    XOXO

  1. Amiga trazendo para o relacionamento com pessoas podemos aprender com esse bixinho! Concordo que a primeira impressão não é a que vai determinar quem é uma pessoa. Uma boa noite!!

  1. -*Vera Luz*- disse...:

    Olá Juci!!

    Quantas coisas na natureza que desconhecemos!! Já vi alguns no Jardim Botânico, eles assustam pela ligeireza com que correm, mas, não são iguanas, porém me lembrou um pouco o estilo, mas não conhecia muito sobre eles até aqui chegar e com sua informação agora já fica mais fácil. Obrigada por sempre defender e colaborar com nossa natureza, nossos animaizinhos!

    Um abraço,
    "Todo o Conhecimento é Luz que Inspira a Alma" -*Vera Luz*-

  1. Dieguito disse...:

    Lembrei de um amigo Nerd que tinha uma iguana, era a Xispita. ahahaha. Lembrei na hra dele.
    ahahaha

    bjs

  1. Fatima Zanin disse...:

    Que linda essa iguana,gosto muito dos suas postagens, sempre muito interessante vale a pena conferir, adorei saber mais sobre a iguana.
    Beijo.

  1. Neusa Fiesta disse...:

    Ju, eu adoro iguanas!
    Houve uma época em que um conhecido meu tinha uma, e sempre a levava para dar um passeio em minha casa, a meu pedido é claro! Estive a um passo de adquirir uma, mas acabou não dando certo...; pena.
    Parabéns pelo post, guria do zóião azul mais lindo da Blogosfera! BEIJOSSSSSSSSS

  1. O magrinho !!! disse...:

    Pô guria...
    eu tenho até vontade de ter uma iguana, mas prefiro tê-la quando tiver espaço e minha vida estiver mais calma...
    Assim como qualquer outro animal, acho uma pena e um desperdício de tempo ter e não participar...
    Mas valeu pelo texto altamente explicativo...
    Grande bj guriaaaaaaaaaaa

  1. O carater de um homem se distingue pela maneira que ele trata os animais...lindo blog, por isso deixei um selinho de presente pra vc...bjsss

  1. Me fez lembrar o tempo que eu gostava de criar filhotes de iguana. Eu acho muito massa esses répteis.

    Abraço!!!!...

    ...Ta bom, um xeru tbem! rsrs

  1. Isa disse...:

    Que o seu natal seje repleto de paz, saúde e confraternizações, não esquecendo o aniversariante Jesus. E um ano vindouro de muitas realizações e sorte.

    Com carinho
    Isa

    http://sabedorias-isa.blogspot.com

  1. Parabéns por sua postagem.
    Falta pouco, muito pouco para 2011.
    Que seja um ano de sucesso para todos nós.
    Aguardo a visita de todos no Escrivaninha do Alê.
    Até aproxima se Deus permitir!
    Feliz 2011.

  1. Thiago disse...:

    boa noite, sou thiago do blog formigueiross.blogspot.com e gostaria de propor uma parceria. gostei bastante do seu blog. fico no aguardo

  1. Repteis nunca foram meu forte...
    tenho medo, lê-se pavor...
    mas a postagem está boa, é o que vale...
    Quanto as imagens porém
    me dão asco
    fico logo olhando pro chão pra ver se nenhuma me aparece
    ahauahua
    abraços

  1. Malu disse...:

    Uma verdadeira aula de zoologia!
    Páginas com conteúdo interessante!
    Adorei, menina
    Abraços

  1. Rofstadter disse...:

    Boa noite. Olha, adoro repteis e os acho fascinante, assim como o seu blog. Tenho um betta lindo há quase um ano já. Estou seguindo o blog. Parabéns, viu?
    Um abraço e boa semana, Jucifer.

  1. Kiki K. disse...:

    Boa noite Juci!
    Obrigada pelo comment em minha notícia, vim conhecer seu blog agora pois sou nova no DiHitt, muito bonito e tem matérias muito interessantes que já estou xeretando iuahuai *-*
    E eu sou apaixonada por iguanas, répteis em geral me agradam!E elas são realmente símbolos no méxico, quantos banners mexicanos já não vi uma iguana com "sombrero" iuhaiuh muito engraçadinhas!
    Bjus o/

  1. Luma Rosa disse...:

    Um animal bastante exótico e talvez por ter essa características chama bastante atenção. Eu só teria um deste em casa se conseguisse reproduzir seu habitat em um espaço. Morro de dó de domesticar animais que não se destinam a isso! Boa semana! Beijus,

  1. Nathacha disse...:

    Olá! No momento estou apenas te seguindo, mas prometo voltar e comentar em breve suas postagens!Agradeceria se seguisse o meu blog, assim criamos um vínculo que facilite a divulgação de ambos os blogs! passa lá?
    http://medicinepractises.blogspot.com/

Postar um comentário